Todos os posts em

peixe assado com quiabo tostado e molho de leite de coco

imagine que você tem cinco semanas para idealizar sua melhor receita de peixe assado. primeiro, cinco semanas passam em dois minutos. segundo, parece que a missão é praticamente impossível. foi isso que me aconteceu, quando eu recebi a missão de fazer um peixe assado para um momento um tanto especial e inesperado da minha vida. mas, missão dada é missão cumprida. foram 11 receitas testadas, algumas mais de uma vez. meu congelador virou uma filial da peixaria, onde você podia encontrar de tudo. peixe inteiro, em postas, filetados. de rio, de mar, uns que eu nunca havia provado. e assim começou a saga do peixe assado com quiabo tostado aqui em casa. meu marido ainda tentava esbanjar alguma surpresa quando eu falava: teremos quiabo, quero acertar o ponto. passei cinco semanas testando, pesquisando, buscando referências de montagem de prato e de receitas. decorei os cinco molhos principais da culinária francesa. vi incontáveis episódios de programas de culinária. tentei decorar o nome de todos os peixes que eu já comi. tentei adivinhar qual era o peixe …

salada de grão de bico com vinagrete de tangerina

pode colocar essa salada de grão-de-bico com vinagrete de tangerina na sua lista de receitas preferidas deste tão amado blog! <3 pelo menos por aqui ela já virou queridinha, e brilha muito tanto naquele jantar de dia de semana quanto pra dividir com os amigos numa ocasião especial. eu gosto muito de saladas com grãos, acho super prático e acaba que a salada vira uma refeição completa, nem precisa de mais nada. essa salada de grão-de-bico com vinagrete de tangerina foi “criada” para um pequeno evento que eu fiz, servida num potinho antes do prato principal. o sucesso foi tamanho que eu resolvi colocar uma versão dela aqui. apesar dessa receita parecer muito simples (e é mesmo), essa combinação de sabores é uma pequena explosão de surpresa. o grão-de-bico funciona como a base da salada, mas você também pode usar outros grãos da sua preferência. cada elemento tem sua textura e sabor, o salgadinho da semente vai super bem com o coentro e tudo é amarrado com o vinagrete de tangerina. dá pra comer de …

abobrinha grelhada com avocado e coentro

abobrinha é aquele legume que fica lá no fundo da geladeira, meio sem destino, mas que a gente insiste em comprar toda semana. mas com essa receita de abobrinha grelhada ela não fica mais sem graça e esquecida, e ainda vira acompanhamento que brilha muito! eu confesso que eu tenho um mini sofrimento quando chega a hora do almoço durante a semana. porque eu trabalho em casa, almoço em casa sozinha e isso normalmente significa que chegou a hora de visitar a cozinha e preparar alguma coisa. calma. eu amo cozinhar, sim. mas eu gosto de cozinhar pra um monte de gente, pra minha família, pra compartilhar o que eu fiz. cozinhar só pra mim perde um tanto da graça. mas dia desses eu resolvi almoçar essa “salada” de abobrinha grelhada com mais dois ingredientes que eu adoro: avocado e coentro. pronto, animei o dia e almoçar sozinha não foi essa tristeza. uma coisa que eu costumo fazer muito é finalizar as saladas com ervas. tipo: alface e salsa, espinafre e hortelã, legumes com cebolinha, …

salada caprese com burrata e pesto

ontem eu lancei no instagram se vocês queriam receita de salada caprese com pesto ou de iogurte caseiro. a salada caprese ganhou por pouco, e eu tinha certeza que o vencedor da disputa seria o iogurte. mas tudo bem, ainda teremos iogurte por aqui. essa salada foi a estrela do final de semana aqui em casa, impossível não dividir com vocês. mas vamos lá, salada caprese é aquela receita super clássica com tomate, mussarela e manjericão, temperada com azeite e sal. com ingredientes de qualidade você não precisa de mais nada na verdade. mas precisa ser tão básico assim? não. e é por aí que começamos a falar sobre substituições que brilham muito. uma coisa que eu sempre insisto e tento ensinar nas minhas aulas é que, a partir do momento que você entende a técnica, o método, a base da receita, você é livre para voar sozinho na cozinha. se você aprende a base de um bom risotto, você pode fazer risottos maravilhos de qualquer coisa :) aí entram os ingredientes que você gosta, …

couscous, legumes assados e ervas

eu sei que comer legumes pode ser uma tarefa tediosa. se a gente não souber como lidar com eles, inserir os legumes na dieta pode ser um suplício. imagina aquele leguminho no vapor, sem sal, sem graça até dizer chega, coitado! dá vontade de sair correndo mesmo! mas (quase) tudo nessa vida tem jeito, e a tarefa de hoje é dar uma guaribada nos legumes do dia a dia e ainda transformá-los em prato principal! legumes assados não são novidade por aqui, já tivemos cenoura, rabanete e um montão juntos com tomilho e limão siciliano! como os legumes entram obrigatoriamente no planejamento semanal aqui em casa, e muitas vezes como prato principal, a aposta é na versatilidade dos ingredientes. mas por fim os legumes assados viraram uma das minhas opções favoritas, e vira e mexe vai parar todo mundo no forno. e aí, o que você tem na geladeira é o limite. claro que um ou outro legume vai ter um tempo de cozimento diferente, mas normalmente uns 40 minutos resolvem bem todo mundo. essa receita de …

salada de repolho roxo com iogurte, queijo feta e semente de girassol

se você frequenta por aqui já sabe que eu sou fã da katie, do lindíssimo blog what katie ate. eu nem lembro como conheci a katie, mas eu sei que foi encanto à primeira vista. deu match. que receitas, que fotos, que sabores. que vontade de fazer tudo, e de conseguir ter tantas referências no desenvolvimento de sabores. se você ainda não conhece, por favor dedique uns minutinhos da sua vida a dar uma fuxicada no site, tenho certeza que sairá inspirado! pois bem, eu já tinha passado o olho numa receita de salada de repolho roxo da katie, mas nunca dei muita bola. até o dia que eu fui comer no kød e pedi um cole slaw thai de entrada – ou algo parecido. instantaneamente aquilo ali virou um dos meus pratos preferidos da vida – fresco, saboroso, equilibrado, simples, a cara do verão! agora a gente junta as duas informações acima, esse amor repentino pelo repolho roxo e é isso que temos: o verão em forma de salada de repolho roxo com iogurte, limão, …

batata assada com sálvia e alho

toda vez que minha mãe vai fazer essa receita de batata assada ela me manda uma mensagem perguntando se tem que cobrir a travessa com papel alumínio. não, mãe, é aberto mesmo. mas e o salmão? o salmão é fechado, mãe :) essa receita de batata assada virou um clássico aqui em casa. tem batatinha no natal, nos aniversários, com praticamente todos os pratos de porco. todo mundo pergunta se a batata foi cozida antes e não, é simples assim mesmo, sem truque nem nada, só muito forno. essa acompanhou a receita de costelinha de porco assada na cerveja que apareceu por aqui esses dias. a primeira versão dessa batata era só com alecrim. mas eu tô na fase da sálvia e do alho assado, assando cabeças de alho loucamente por aí. em casa eu tenho um pezinho lindo de sálvia que não pára de crescer e é o orgulho da minha horta. eu sei que batata pode parecer a coisa mais simples do mundo, mas até a coisa mais simples do mundo pode se …

salada de trigo com pesto de rama, mussarela de búfala e cebola roxa

outro dia eu postei por aqui uma receita de cenouras assadas com tomilho, limão e amêndoas. acontece que eu comprei essas lindas cenouras orgânicas, com rama e tudo, e obviamente não queria desperdiçar nenhum pedacinho. resolvi fazer uma salada de trigo com pesto de rama, cebola roxa e mussarela de búfala. mais simples, quase impossível, mas mesmo assim tão, tão saboroso. depois desse dia já repeti essa salada mais algumas vezes, e ela nunca decepciona. principalmente porque combina com praticamente tudo. o que eu achei engraçado foi que muitas pessoas ficaram surpresas com o pesto de rama, e algumas nem sabiam o que era. tudo bem, porque nós costumamos mesmo comer a rama da cenoura, mas isso me deixou pensando em quanto alimento a gente joga fora à toa, muitas vezes por falta de conhecimento. os talos, a rama, as cascas, aquele pedacinho de cebola ou um dente de alho esquecidos na geladeira. mas comida é comida, e a gente tem que agradecer (e muito!) por ter comida na mesa e temos que lutar contra …

cenoura assada com tomilho, limão e amêndoas

o sol brilhou em são paulo, depois de 10 dias contínuos de chuva e céu cinza. que saudade que eu tava do céu. o que isso tem a ver com cenouras? nada :) mas acordei num bom humor danado com o sol brilhando. e depois de devorar esse maravilhoso bolo de banana com doce de leite e flor de sal no final de semana, acho que devemos voltar à nossa programação de verão. legumes, verduras e saladas fresquinhas. se bem eu eu vou ser bem sincera e já avisar que vem uma receita de lasanha nova por aí. mas voltando a essas deslumbrantes cenouras… quando eu era pequena, minha avó me chamava de coelho. era só receber uma cenoura que eu saía serelepe com minha cenourinha na mão. de lá pra cá, pouca coisa mudou. eu adoro cenoura, e uma das minhas saladas favoritas é cenoura ralada com limão e sal, simples assim. assim sendo, cenoura é um ingrediente comum em casa. mas, inspirada na viagem pro uruguai, onde teve cenoura na churrasqueira, resolvi fazer …

rabanete assado com dill e feta

há um tempo atrás eu dei de cara com essa receita de rabanete assado no instagram d’a mesa da carolina. rabanete assado, sério? nunca tinha pensado nisso. a receita ficou lá na minha listinha de receitas (que são muitas, me perco, esqueço) e só recentemente eu lembrei de testar. olha, eu sei que rabanete assado pode parecer estranho mas, carolina, obrigada! que delícia! :) por coincidência, cinco minutos antes de escrever esse post ouvi uma mensagem do meu irmão dizendo que legume pra ele é cozido na água e pronto. assim nem eu aguento, gente! meu irmão, eu sei que você não tem tempo, juro que se eu tivesse mais pertinho fazia uns legumes supimpa pra você! mas esse espacinho é pra inspirar as pessoas a cozinharem mais e verem os alimentos de outro ponto de vista. como um rabanete assado, por exemplo. com dill, e feta, cebola e um belo azeite. e assim, misturando as coisas, aprendendo com a nossa experiência e dos outros, a gente vai revendo nosso prato e testando misturinhas que não pensaríamos …