Todos os posts em

tartar de atum com avocado

as temperaturas aumentaram e pra fingir que é verão temos tartar de atum com avocado (e óleo de gergelim e raspas de laranja!). atum é um dos meus peixes favoritos, e volto e meia volto da feira com um pedaço. normalmente preparo como tartar, no poke ou esse atum selado, porque acho um ingrediente maravilhoso demais para ser preparado de forma insossa e perder o frescor. esse tartar de atum e avocado veio inspirado lá da bahia, quando eu comi um tartar de atum com manga maravilhoso. pra mim essa receita ficou com gostinho de férias. andar de biquini, tomar cerveja gelada vendo a vida passar, comer frutos do mar na beira da praia. ah, o verão, que saudade. minha primeira (e única, acho) dica pro seu tartar de atum com avocado ficar igualzinho do restaurante chique é apenas uma: fique amigo do peixeiro. é sério. o peixeiro vai cuidar da sua comida, abrir o peixe, mexer em partes estranhas que você provavelmente não gostaria de encostar e, mais importante de tudo: te dar o …

sopa de vôngole – clam chowder

ah, há quanto tempo eu queria escrever essa receita de sopa de vôngole – clam chowder pra vocês! certamente há mais de um ano! uma das minhas sopas favoritas, abracinho em forma de comida, que tem algumas das melhores coisas da vida: bacon, batata, frutos do mar :) essa receita de sopa de vôngole é adaptada do livro a arte culinária de julia child: técnicas e receitas essenciais de uma vida dedicada à cozinha. eu simplesmente amo esse livro e essa foi a primeira receita que eu fiz dele. a primeira vez que o abri o fiquei um pouco assustada. acostumada com livros com fotos deslumbrantes e fã da katie quinn davies, aprendi a ler  receitas que contam tim tim por tim tim o que fazer, precedido por uma longa lista de ingredientes. nesse livro, muitas vezes não é o caso. na receita de bolo de amêndoas, por exemplo, os ingredientes vão sendo revelados enquanto ela conta como fazer o bolo. ou seja, eu li umas 8 vezes tudo até entender quanto eu precisava de …

cacio e pepe com linguiça

eu tenho uma listinha de receitas que quero fazer, e essa massa cacio e pepe tava lá há tempos esperando acontecer. a lista tem de tudo que eu vou lembrando ao longo do caminho, desde coisas do dia a dia até empanadas assadas – que demandam um pouco mais de tempo e vão ficando pro final da lista. se você não conhece, cacio e pepe é uma receita clássica italiana, que leva apenas dois ingredientes: queijo e pimenta. não tem como ser mais simples que isso, e mesmo assim é o tipo de comfort food que ninguém resiste! mas o meu cacio e pepe teve um ingrediente a mais, a linguiça artesanal maravilhosa do meus amigos do pirineus. eles recentemente abriram uma lojinha aqui em são paulo, e você pode levar todos os embutidos pra casa, abrir um vinho pra acompanhar e apenas ser feliz. apesar de levar apenas 2 ingredientes, existe toda uma técnica para que a sua receita de cacio e pepe fique perfeita. use massa de boa qualidade sem ser integral. um …

purê de ervilha com aliche

se houvesse um prêmio aqui em casa chamado “melhor receita de acompanhamento de 2018”, certamente esse purê de ervilha com aliche sairia carregando um troféu de ouro. acreditem em mim, são apenas 4 ingredientes, mas o resultado é simplesmente divino. esse purê de ervilha apareceu aqui em casa na fase de testes do peixe assado com quiabo tostado. essa era uma das opções para o acompanhamento, no lugar do quiabo e leite de coco. mas o sucesso foi tão grande que virou comida do dia a dia por aqui, e ainda faz sucesso nos eventos que eu faço. mas normalmente a primeira reação é: “aliche? muito forte, não gosto!!”. e é aí que entra a novidade: nessa receita o aliche entra como tempero! lembra do capellini com molho de tomates frescos? então, o conceito é o mesmo. o aliche, quando usado como tempero, deixa o prato super perfumado! às vezes eu também coloco um pouco no molho pesto, e o resultado é surpreendente. para esse purê de ervilha com aliche você pode usar tanto as frescas …

hamburger de lentilha com pesto de rama de cenoura

há muito tempo não colocava um hamburger por aqui, então essa semana vamos de hamburger de lentilha com pesto de rama de cenoura. como uma pessoa que almoça em casa todos os dias, confesso que hora do almoço muitas vezes é um sofrimento pra mim. abro e fecho a geladeira e não consigo chegar à uma solução sobre o que comer. por fim termino nas saladas, recheadas de verdes e legumes, temperadas com limão e azeite e pronto. bem, mas uma das coisas mais importantes quando falamos de cozinhar em casa é abordarmos planejamento de compras e cardápios. então vamos usar de exemplo hoje dois ingredientes: cenoura e lentilha. normalmente eu deixo a lentilha pronta, porcionada e congelada. e descongelo para fazer saladas, bolinhos, sopas e etc. semana passada eu voltei da feira com essa cenoura maravilhosa, com rama e tudo. bem, é preciso saber o que fazer com tanta cenoura, não adianta comprar e deixar a bichinha esquecida no fundo da gaveta. então a cenoura virou: pesto de rama, parte do caldo de legumes …

curry de couve-flor

mais um prato pra integrar nosso menu de coisas quentinhas e maravilhosamente deliciosas, um curry de couve-flor feito em casa do zero. você também pode usar outros legumes, mas essa é uma forma de provar que couve-flor pode ser uma delícia, sim! :) volta e meia eu visito lojas de produtos orientais. normalmente volto pra casa carregada, e na minha visita à liberdade semana passada não foi diferente. voltei com projetos de lamen, guioza, yakisoba, curry e muitos pratos inspirados na culinária oriental. nesses meus passeios também conheci a bardana, uma raiz bem comprida, que é daqueles alimentos super nutritivos que a gente adora! ela lembra um pouco o nabo e tem uma textura bem crocante. tenho usado para fazer sopas e ensopados. a primeira vez que provei foi um estrogonofe de cogumelos com bardana que estava sensacional! procurem e experimentem! mas voltando ao assunto curry, sempre que eu vou nessas lojinhas vejo aqueles mil tabletes de pasta de curry e curry pronto com embalagens escritas em japonês, o que deixa praticamente impossível a gente …

peixe assado com quiabo tostado e molho de leite de coco

imagine que você tem cinco semanas para idealizar sua melhor receita de peixe assado. primeiro, cinco semanas passam em dois minutos. segundo, parece que a missão é praticamente impossível. foi isso que me aconteceu, quando eu recebi a missão de fazer um peixe assado para um momento um tanto especial e inesperado da minha vida. mas, missão dada é missão cumprida. foram 11 receitas testadas, algumas mais de uma vez. meu congelador virou uma filial da peixaria, onde você podia encontrar de tudo. peixe inteiro, em postas, filetados. de rio, de mar, uns que eu nunca havia provado. e assim começou a saga do peixe assado com quiabo tostado aqui em casa. meu marido ainda tentava esbanjar alguma surpresa quando eu falava: teremos quiabo, quero acertar o ponto. passei cinco semanas testando, pesquisando, buscando referências de montagem de prato e de receitas. decorei os cinco molhos principais da culinária francesa. vi incontáveis episódios de programas de culinária. tentei decorar o nome de todos os peixes que eu já comi. tentei adivinhar qual era o peixe …

costelinha de porco com missô

há pouco tempo eu descobri o missô, e desde então essa costelinha de porco com missô já foi estrela aqui em casa algumas vezes. daqueles momentos de comer com a mão, se lambuzar e já pensar em fazer de novo. aliás, assar costelinhas de porco é um dos meus programas favoritos de fim de semana. adoro longos assados, esses projetos de refeição que levam horas para serem servidas. se você não está familiarizado, o missô é uma pasta de soja fermentada, muito usada na culinária japonesa. o mesmo missô do missoshiru – aliás, foi assim que eu conheci esse ingrediente, num dia que inventei de fazer o missoshiru do zero em casa. desde então já teve legumes, peixe e essa receita de costelinha de porco com missô. bem, no caso do missô, esse é daqueles ingredientes que a qualidade faz toda a diferença no resultado final. normalmente a gente acha no mercado ou na lojinha de produtos orientais. eu hoje em dia uso um que compro no instituto chão, super fresco, que dá pra comer …

risoto de patinhas de caranguejo com tucupi e jambu

parece que o frio chegou com tudo em são paulo, e nossa arma secreta pra esquentar essa semana é um belo risoto de patinhas de caranguejo com tucupi e jambu. mais uma receita feita a 4 mãos numa visita da minha amiga luciana, do cozinhando para 2 ou 1. desde que a temperatura começou a cair minha cozinha virou uma grande fábrica de sopas (a saúde agradece!), mas alguns dias a gente quer mesmo aquela comida que além de quentinha é um abracinho na alma. e pra isso, um risoto é sempre receita de sucesso. mas esse risoto de patinhas de caranguejo com tucupi vai além do sucesso, você basicamente vai ganhar a gratidão eterna de quem for agraciado com essa maravilha! essa mistura da itália com o pará deu em um dos melhores risotos que eu já provei – daquelas comidas que a gente poderia comer toda semana. e além disso, veio a confirmar o que eu já estava desconfiada: tucupi é um dos meus ingredientes favoritos. nessa receita ele substitui o caldo de legumes e …

rigatoni com camarão e vinho branco

ah, l’amour! andar de mãos dadas, dormir agarradinho e dividir as refeições e o vinho com a pessoa amada <3 pra comemorar esse dia dos namorados, vamos de rigatoni com camarão e vinho branco! bom, a gente já sabe que dia dos namorados fica tudo cheio, e eu acredito que você não quer passar sua noite em pé na fila e depois dividindo o recinto com mais 587 casais, certo? eu sou super a favor de ficar em casa não só no dia dos namorados, mas em datas comemorativas em geral. dia das mães, pais, páscoa, e lá se vão longas filas e horas desperdiçadas na rua. enquanto isso a gente pode ficar em casa cozinhando juntos, tomando um vinho e desfrutando de refeições inesquecíveis. pra esse ano eu escolhi essa receita de rigatoni com camarão e vinho branco. você pode trocar a massa, mas sugiro uma massa curta com ondulações, para melhor absorção do molho. e se você estiver se sentindo muito chique, pode trocar o vinho branco por espumante \o/ essa receita é …