outros textos
escrever comentários

sites de receber em casa

Você provavelmente tem um amigo que faz aquele prato que é a sua especialidade, digno de cardápio de restaurante. Ou uma receita de família ou alguma coisa super tradicional que só ele faz daquele jeitinho e todo mundo adora. Aquela pessoa que adora cozinhar, receber, trocar ideia e que vive chamando os amigos pra jantar. Você provavelmente também já viajou pra um lugar novo e queria comer um prato típico daquela região sem cair numa furada pega turista e gastar os olhos da cara. Ou só fazer novos amigos, conhecer os locais, sair do circuito tradicional, viver a cidade como seus moradores. Pois a economia colaborativa, essa que felizmente veio pra ficar, nos agracia com uma forma de juntar tudo isso em um lugar só: sites onde anfitriões oferecem refeições compartilhadas em suas casas.

Funciona assim: você entra no site, escolhe uma cidade, vê todas as opções de pratos, valores e lugares, faz a sua reserva e aparece no dia combinado! Você também pode conhecer um pouco do perfil do seu possível anfitrião, saber se ele vai sentar à mesa durante a refeição, se precisa levar sua bebida ou se está incluído no valor ou escolher por tipo de cozinha ou preferências. Em alguns dos eventos é até possível aprender a fazer o prato servido.

Hoje essas plataformas já contam com milhares de cadastrados ao redor do mundo. Só o EatWith tem mais de 500 chefs em mais de 30 países, enquanto o Bookalokal já está em mais de 46 países. A Euromonitor, empresa inglesa de pesquisa e inteligência de mercado, classificou esse tipo de negócio como uma das grandes tendências no mercado de viagens para 2015. E isso é só o começo.

Mas apesar da oferta ser grande, em alguns deles não é tão fácil se cadastrar para ser um anfitrião. É preciso fazer entrevista pelo Skype, mandar fotos da casa e da cozinha, enviar um video se apresentando e também estar sujeito a ter a própria refeição aprovada. Dessa forma os sites têm algumas garantia de que seus usuários terão uma boa experiência. Os valores variam bastante e são cobrados em dólares, mas é possível encontrar muitas opções na casa dos US$30. As refeições mais sofisticadas, com mais pratos, podem ser mais caras. Mas o bacana disso tudo é que todo mundo sai ganhando. O convidado, que tem uma oportunidade única de conhecer a comida e cultura local, fazer novos amigos e ter uma experiência de viagem diferente. E o chef, que faz o que gosta, conhece um monte de gente nova e de quebra ainda ganha um trocado. E mesmo na sua cidade, imagina que legal fazer uma nova rede de amigos assim?

Então se você curtiu a ideia e quer ser um anfitrião ou se já está planejando a próxima viagem, dá uma olhada nos sites e explore as possibilidades!

  1. EatWith
  2. Cookening
  3. Mealsharing
  4. VizEat
  5. Bookalokal

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.