[todas as receitas], pra adoçar
comentários 2

caramelo salgado

se tem uma coisa que eu amo é caramelo salgado. só de ouvir “caramelo salgado” eu já começo a salivar e quero comer tudo de colher. afe, que coisa mais maravilhosa! e nesse natal o caramelo salgado vai virar presente comestível! ou seja, alegria pra quem lambe a colher e pra quem ganha o presente!

mas antes de entrarmos nessa felicidade natalina, quero compartilhar com vocês as minhas muitas e frustradas tentativas de fazer caramelo. não quero que você também fique frustrado, então eu já vou dar as dicas todas para você não passar nervoso, combinado? vamos lá!

se você se sentir à vontade com um termômetro, use-o! o açúcar começa a virar caramelo a 165ºc, 170ºc. acima dos 190ºc o caramelo fica amargo, se passar dos 210ºc você tem um caramelo queimado e uma panela para lavar. eu confesso que prefiro observar o caramelo pela cor mais do que pela temperatura. quando o açúcar chegar nessa cor de caramelo, retira a panela do fogo. se achar que ainda não chegou na cor, volte um pouquinho até chegar lá. assim que chegar na cor, adicione a manteiga e bata vigorosamente com um fouet. nesse momento seu caramelo vai borbulhar e ficar muito louco, mas é assim mesmo. o mesmo vai acontecer no ponto do creme de leite. você não está fazendo nada errado. mas cuidado para não espirrar e se queimar!

das primeiras vezes que eu fiz (e queimei) caramelo, eu fiquei bem frustrada. por mais que seja simples, para quem nunca fez é muito fácil passar do ponto e queimar tudo. achava muito mole, muito grosso, muito escuro, muito sei lá o que. e aí eu entendi que fazer caramelo é muito mais sobre observação e calma do que temperatura e técnicas francesas. dá uma respiradinha, e não tira o olho da panela!

depois do caramelo pronto ele fica super molengo e fino, pingando do fouet. é assim mesmo. conforme ele esfria ele muda de consistência, ficando bem grossinho e firme. se for pra geladeira, fica numa consistência de calda grossa, bem puxa-puxa. ou seja, se seu caramelo ficou aguado, espera 10 minutos, está tudo bem. ♡

caramelo salgado

bem, até aí já temos as minhas dicas pro caramelo. mas francinha, não era caramelo salgado aqui? calma, mores, pega aquele pote de flor de sal que você acha que nunca vai usar e vem aqui. aí é o seguinte, pro caramelo salgado, a medida aqui da receita: 2 colheres de chá (10ml) de flor de sal. se você curte caramelo salgado de verdade, mais 1 colher de chá. que na verdade totalizada 1 colher de sopa (15ml). combinados?

bem, se você perguntar pro google sobre caramelo, vai passar uns 5 dias lendo resultados. é aquela receita clássica que cada um tem uma versão, uma proporcão, uma mania e por aí vai. mas no final das contas, temos todos apenas uma verdade: amamos caramelo salgado.

ps: nossas outras sugestões de presentes comestíveis para este fim de ano são limoncello, sal de bacon e manteiga composta.

caramelo salgado

porções: 250ml | tempo de preparo: 15 minutos

ingredientes:

  • 1 xícara de chá de açúcar
  • 1/2 xícara de chá de creme de leite (de preferência fresco)
  • 50g de manteiga (sem sal) gelada cortada em cubos pequenos
  • 2 colheres de chá de flor de sal

como faz: escolha uma panela pequena com fundo reforça ou de inox, panelinha fina não vale. coloque o açúcar na panela e ligue o fogo no mínimo/médio. melhor no mínimo para não correr risco. não mexa no açúcar. quando o açúcar começar derreter, continue olhando pra ele, sem mexer. quando ele já estiver bem derretido, mexa um pouco a panela, de forma que o açúcar do meio vá para as laterais e cozinhe de forma homogênea. quando o acúcar derreter e chegar na cor de caramelo, adicione a manteiga e bata vigorosamente com um fouet. (veja acima as minhas observações). cozinhe por mais 2 minutos e adicione o creme de leites, aos poucos, ainda batendo sem parar. desligue o fogo e deixe esfriar. adicione o sal, misture bem. guarde em um pote hermeticamente fechado e devidamente esterilizado.

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.