Todos os posts com tag

dia da nutella

Olha, eu não sei você, mas pensando aqui eu acho que não conheço ninguém que não goste de Nutella. Até eu, que não sou muito fã dos doces, não resisto a uma bela colhereda de Nutella direto do pote. E você já deve ter percebido que Nutella é o tema da vez, porque dia 05 de fevereiro é o Dia Internacional da Nutella!! \o/ E pra comemorar tem um post todinho dedicado ao assunto. Tem receita minha pra você, tem apetrechos para você fazer sua própria receita e tem história! Pra começar, vou te contar que a pasta de avelã mais amada no mundo foi criada no Itália, nos idos dos anos 1940, e incialmente não tinha essa textura de pasta, mas sim sólida! Em 1951 foi criado o Supercrema, a pimeira versão da Nutella. O primeiro pote de Nutella como conhecemos hoje e com esse nome foi exportado em abril de 1964, e daí pra frente foi só sucesso. Ponto pra filha do Sr. Ferrero, que teve a brilhante ideia de abençoar outras bocas …

a casa do porco

Abriu em São Paulo A Casa do Porco, restaurante novo do chef Jefferson Rueda. Eu fui lá e, se você está com fome, recomendo deixar para ler esse post depois! Bem, o lugar já abriu bombando, lógico. Enquanto eu ia lendo as notícias  da abertura da casa o meu desejo de provar tudo aquilo só crescia. Sério. Uma casa dedicada ao porco, com um menu extenso e sedutor. Eu acho isso uma coisa linda de ver. O lugar é gostoso e aconchegante, a cozinha é aberta e você pode dar uma espiada no porco. Eu aproveitei pra dar um abraço no Jefferson e agradecer pela refeição. Porque sério, gente que faz comida assim merece muito abraço. Amantes do porco, univo-nos! A primeira tentativa foi frustrada, pois quando chegamos a fila de espera chegava a duas horas e meia. Passei o resto do dia sonhando com o Porco Poca que nunca comi. Mas a turma do porco não desiste, e resolvemos voltar outro dia bem cedo. Pois bem, chegamos às 11h45 já que a casa abre às …

canelone de cogumelos, espinafre e ricota

tô pra te contar uma coisa super legal, que ainda não contei por aqui! agora, além de escrever nesse lindo blog que você lê, eu também escrevo no blog sonar do submarino. esse blog reúne vários colaboradores e cada um fala do assunto de seu entendimento. pois eu fui convidada pra falar de comida/gastronomia/culinária/afins. é muita alegria!! <3 então agora você também me encontra por lá. sem muitas receitas, mas falando de um monte de coisa bacana! o link onde você acha todos os meus posts é esse. te espero lá!! mas vamos falar de canelone. tem muito pouco tempo que eu cheguei em são paulo, e aos pouquinhos já estou criando novos hábitos. o lugar favorito pra comer, a rotina do dia, a feira da semana. aqui perto tem casa tem uma feira gigante, que na primeira vez que fui dei umas 3 voltas até conseguir me entender. então uma vez por semana eu vou à feira e planejo o que vou comer durante a semana. pois semana passada eu voltei pra casa com esse …

pantone smoothies

Olha, se tem uma coisa nessa vida que me deixa muito feliz é ver como tem gente gastando seu tempo pra fazer coisa legal. Quando essa coisa bacana envolve comida então, então tenho vontade de abraçar as pessoas. Pois eu estava passeando no Instagram e dei de cara com esse projeto in-crí-vel chamado Pantone Smoothies. Fiquei boba. Perguntei pro Google e ele me deu muitos resultados. Como eu não vi isso antes?? Entrei no site e fiquei doidinha. Vamos por partes. Smoothie é como nossa famosa vitamina é chamada na gringa. E Pantone, se você ainda não conhece, é uma empresa que faz cartelas de cor usadas no mundo inteiro por designers. Se você escolhe uma cor Pantone ela vai ser exatamente igual no Brasil, na China ou em Paris. Inclusive é a empresa que anuncia a cor do ano, Pois essa diretora de arte americana viciada em smoothies percebeu que misturar os ingredientes é como misturar cores, então resolveu fazer um experimento para saber se era possível fazer smoothies em cores Pantone. Pronto! E …

chef’s table – temporada 01

Há alguns meses o Netflix lançou uma série chamada Chef’s Table. Eu vi todos os 6 episódios muito rápido e depois fiquei dias e mais dias pensando em tudo aquilo. E agora que eu tenho um lugar pra escrever além do blog, eu resolvi escrever sobre isso, porque eu acho que se você gosta de comida você deve ver também. A primeira – e por enquanto única – temporada do documentário, produzido pelo próprio Netflix, conta com seis episódios apenas, cada um dedicado a um chef super renomado e merecedor de algumas estrelas Michelin. Gente fina que só. O primeiro episódio é dedicado a Massimo Bottura, dono e chef do Osteria Francescana em Módena, na Itália, ganhador em 2015 do título de segundo melhor restaurante do mundo. Massimo desconstruiu a comida italiana, essa cozinha de tantas raízes e apegos e tradições, e por isso foi durante muito tempo foi chamado de traidor pelos críticos gastronômicos. Parece que ainda não tinham entendido a sua genialidade, até que com apenas uma crítica boa a mesa virou e seu restaurante …