[receitas] das minhas, [todas as receitas], acompanhamento, veggie
escrever comentários

torta de cogumelos

essa torta de cogumelos é uma das receitas mais deliciosas que eu fiz nos últimos tempos. na verdade ela é quase uma quiche, ou seria uma quiche? não sei, eu chamei de torta de cogumelos mesmo sem ela ter tampa. ou seria uma torta aberta? sei lá. só sei que esse recheio é bem maravilhoso, a massa é praticamente perfeita e ela vai brilhar muito na sua casa. mas antes de falar da receita, quero falar do assunto mais falado do momento lá em casa: meu livro. ♡

há algum tempo eu pensava em fazer um e-book. faltava coragem, sobrava medo de dar tudo errado. nunca fiz isso, não sei nem por onde começa. comecei anotando na minha lista de metas do ano, lá em janeiro: escrever um e-book. na verdade um dia eu quero um livro de receitas meu, daqueles grandões, de capa dura. mas tudo na vida é processo, né, amigos? então comecemos por um e-book, sentir o clima, ver o tamanho do trabalho e tal.

torta de cogumelos

resolvi começar por uma coisa modesta, temática: receitas de inverno. na época, pensei: desenvolvo as receitas, testo, fotografo, faço o layout, boto o pdf pra venda e tá maravilhoso. primeiro, que eu troquei as receitas umas 3 vezes. a primeira versão foi um livro vegetariano (sem querer), depois uma mais ampla e a que cheguei por fim. chamei a aline, toca a produção. 8 pratos em um dia. no final do dia, exausta, eu percebi que o poder de realização é muito maior que o medo. medo de que? de ninguém querer meu e-book? tudo bem, acho que eu consigo viver com isso. mas eu consegui realizar um objetivo que queria há muito tempo. mas comprem, viu, que tá ficando muito maravilhoso.

o processo tem sido tanto prazeroso quanto trabalhoso. ao longo do caminho tem surgido muitas dúvidas, e um tanto de limitações. eu tive muitas preocupações com o desenvolvimento das receitas. primeiro, que fossem fáceis de serem executadas, como tudo que se vê por aqui. que aproveitassem os alimentos de forma integral. por isso as medidas são precisas, nada de meia cebola ou 1/3 de abobrinha, para que não haja sobras. e que fossem replicadas facilmente, mesmo com poucos utensílios de cozinha. mas nada que um sous vide não resolva. brincadeira.

torta de cogumelos
torta de cogumelos
torta de cogumelos

por muitas vezes eu duvidei. até o dia que em um encontro da dedo de moça me falaram: divulga isso logo. cheguei em casa, botei a fuça no stories. e foi só nesse momento que o livro virou verdade. ali ele não era mais meu segredo que se desse errado ninguém ia saber. agora ele é de vocês. porque no fundo esse livro é pra quem me acompanha, me segue, faz minhas receitas (ou não). pra estar mais perto de vocês. é nosso menu de inverno próprio.

as fotos ficaram tão maravilhosas que o livro vai ter uma versão impressa. não aguentei. meu marido falou, aline falou, a animação falou mais alto e lá vamos nós. no dia que eu abrir a venda do e-book vai ter uma opção de comprar o livro impresso. mas presta atenção: eu só vou produzir o tanto de livros que forem encomendados. então fica ligado no prazo, porque se depois você pedir livro e eu não tiver, você vai ter que esperar até o livro de receitas de verão pra ganhar o seu, viu?

daqui a alguns dias irei fazer toda a divulgação com datas, valores, tudo. se você ainda não assina a newsletter, assina aqui. é por lá que vou passar todas as informações. nesse mundo de internet, a única comunicação segura é email mesmo. e como a gente é muito animado e o primeiro livro da vida tem que ser muito comemorado, tem um evento aqui pra gente se conhecer. se você for de SP pode escolher retirar o livro lá comigo :)

eu ainda estou diagramando todas as receitas, escolhendo fotos e passando um pente fino no conteúdo todo. e olha, nem consigo dizer como estou ficando feliz com o resultado do livro. com a minha cara, as comidas que mais amo, as imagens mais incríveis. as receitas são cheias de notas, ideias, opções, substituições e conselhos. espero que vocês amem muito esse livro! lá pra semana que vem vai estar tudo pronto! ♡

torta de cogumelos

mas enquanto não chega o livro, voltemos à essa torta de cogumelos. chega mais, liga o forno, pega a farinha que essa receita tem tudo pra entrar na lista de favoritas. você pode fazer um mix de cogumelos ou usar de apenas uma qualidade. o importante é que eles esteja super frescos!


porções: 4-6 | tempo de preparo: 1h30

ingredientes para a massa:

  • 250g de farinha de trigo
  • 125g de manteiga gelada
  • 1 ovo
  • 2 colheres de sopa de água gelada
  • 1/2 colher de chá de sal

ingredientes para o recheio:

  • 600g de cogumelo – eu usei shitake e shimeji, mas você pode usar portobelo, eringy, ou outro fresco.
  • 2 alho-poró
  • 3 ovos
  • 3/4 xícara de creme de leite
  • 3/4 xícara de leite
  • 50g de parmesão ralado
  • 1 colher de sopa de azeite
  • sal + pimenta

como faz: em uma tigela, coloque todos os ingredientes da massa. trabalhe a massa com as mãos até que fique lisa e homogênea. você pode fazer esse passo também na batedeira, com batedor tipo raquete. forme um disco com a massa, cubra com plástico filme e leve à geladeira*.

em uma frigideira, aqueça o azeite. coloque o alho-poró fatiado e refogue até que esteja macio. adicione os cogumelos picados, mas reserve alguns para a finalização da torta. refogue por 5-7 minutos, até que estejam macios. tempere com sal e pimenta.

pré-aqueça o forno a 180ºc. retire a massa da geladeira. em uma superfície limpa e enfarinhada abra a massa com um rolo, até que tenha 0,5cm de espessura. para essa receita eu usei uma assadeira redonda de 18x7cm. coloque a massa na assadeira, de forma que cubra bem o fundo e as laterais. aos cogumelos adicione o creme de leite, leite, ovos e parmesão. corrija o tempero. coloque o recheio dentro da massa e, por cima, decore com os cogumelos reservados. leve ao forno por 45 minutos ou até que esteja dourado e o recheio, assado. pode ser servido em temperatura ambiente ou quente. divirta-se ;)

*é importante levar a massa à geladeira para que ela estabilize. além disso, quanto mais geladinha mais fácil ela fica de ser aberta. você pode deixá-la na geladeira por pelo menos 15 minutos ou até mesmo de véspera de for usá-la no dia seguinte.

essa é a mesma massa que eu uso para fazer quiche, apesar de teoricamente a massa de quiche não levar ovo. mas isso fica pra outro dia. você pode usar uma assadeira com diâmetro maior e mais baixa para fazer a quiche. como o recheio vai estar mais baixo ela vai assar em menos tempo, uns 3-35 minutos (depende do seu forno).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.