[receitas] das minhas, [todas as receitas], carne, massa
escrever comentários

lasanha de porco com molho bechamel

quando eu era pequena havia uma loja de massas na esquina da minha casa chamada suprema. um balcão simples expunha as massas frescas e prontas, e você escolhia ali o que queria levar. as senhorinhas atendentes trabalhavam lá desde sempre, e atrás do balcão havia uma enorme janela de vidro que dava pra cozinha. lá dentro dava pra ver as massas sendo preparadas em grandes balcões sujos de farinha e grandes panelas com água fervente. eu era pequenina e lembro de tudo numa proporção enorme. o cardápio devia ser extenso, mas lá em casa a gente só comprava duas coisas: pastéis e lasanha a bolonhesa. era como se o cardápio só tivesse isso. os pastéis eram pra tapear a fome e a lasanha era consumida nas travessas de alumínio mesmo, com um prato de papelão embaixo pra não sujar a mesa. era uma festa. era o almoço de domingo, e durante a semana em algumas exceções. a gente comeu isso durante anos e nunca ninguém se cansou.

eu lembro exatamente do sabor do molho branco daquela lasanha. e eu nunca comi nada igual, nem parecido. um dia a suprema fechou e virou uma farmácia. se você mora no rio de janeiro sabe bem o que é isso, o sentimento de tristeza profunda que proporciona. mais uma farmácia, como se já não bastasse de tantas farmácias nessa cidade. a suprema deixou um bairro de órfãos, e confesso que até hoje eu tenho uma raivinha daquela farmácia. um tempão depois eu soube que havia uma suprema em copabacana. eu fui lá um dia e pedi uma lasanha, me refastelei naquele molho branco e num pacotinho de pastel. isso pra mim se chama felicidade pura e aplicada. pois bem, a loja de copacabana também fechou. virou sei lá o que, talvez outra farmácia. antes de escrever esse post eu dei uma olhada rápida no google e achei uma suprema no leme. opa! enquanto eu escrevo e resgato todas essas lembranças felizes, minha vontade é passar lá hoje mesmo e pedir uma lasanha pequena pra viagem. mas ao mesmo tempo, tenho medo de comer uma lasanha porcaria e ficar arrasada. depois eu decido. mas o que eu queria mesmo era saber a receita daquele molho branco ahahhaha :)

lasanha-porco-bechamel

mas vamos falar dessa lasanha de porco? a missão era cozinhar para 14 pessoas. a missão fazia parte de um encontro com o mesmo grupo de pessoas em que durante alguns meses uma pessoa cozinhava pro grupo. eu era a última, a décima refeição, e já havíamos comido um pouco de tudo, e eu já tinha cozinhado antes. e tudo maravilhoso, comida boa mesmo, encontros que duram horas e horas com todo mundo em volta da mesa enchendo a cara de comida boa e contando história. passei meses pensando no que eu ia fazer. minha idéia era comida caseira, meio de vó, meio de mãe, cheia de auto-indulgência, em proporções e travessas grandes, sem frescura, que ao mesmo tempo fosse um clássico e tivesse alta taxa de aceitação. olha, a lista foi grande… até o momento que eu lembrei do bendito molho branco da suprema. mais do que decidido, teremos lasanha pro almoço!! :) lasanha cheia de amor, de tempero, de etapas, mas que depois vale cada mordida. <3

essa receita rendeu 3 travessas de lasanha para 14 pessoas. use as quantidades proporcionalmente de acordo com a sua necessidade :)


ingredientes para o recheio:

  • 2kg de carne de porco moída (usei metade pernil e metade lombo)
  • 3kg de tomate italiano ou debora
  • um punhado grande e generoso de folhas de tomilho
  • um punhado grande e generoso de folhas de manjericão
  • uma cebola roxa grande
  • duas cabeças de alho de alho
  • 400ml de vinho tinto
  • sal e pimenta moída na hora
  • azeite extra-virgem

ingredientes para o molho branco*: 

  • 3 litros de leite integral
  • 350g de manteiga sem sal
  • 1 xícara e 2/3  de farinha de trigo
  • sal e pimenta moída na hora
  • noz-moscada

* se você procurar outras receitas de molho branco, vai achar muitas variações. até mesmo de quantidade de ingredientes. algumas pessoas dizem que o segredo é o leite estar gelado, outras dizem que é estar morno. umas usam cebola e louro, outras não. eu gosto do molho mais grosso e a minha única dica é: prepare o muque e use um batedor de arame durante o processo.

e mais: 

  • 200g de parmesão ralado
  • 500g de massa de lasanha
lasanha-porco-bechamel-3

como faz: prepare primeiro o molho branco. em um panela, derreta a manteiga em fogo baixo e depois adicione a farinha aos poucos. use o batedor para misture tudo e ir deixando a mistura bem homogênea, não pare de bater. quando a misturar estiver bem uniforme, adicione o leite aos poucos, sempre misturando bem. deixe cozinhar por 15 minutos em fogo baixo. tempere com sal, pimenta e bastante noz-moscada e reserve. vamos ao recheio. em uma travessa grande (ou duas, se você preferir), coloque os tomates cortados aos meio, tempere com sal e pimenta e leve ao forno pré-aquecido alto por 50-60 minutos. enquanto isso, em uma panela grande coloque a cebola picada, o alho moído, duas colheres de sopa de azeite e refogue por 10 minutos. adicione a carne, e vá misturando bem por alguns minutos, até que a carne vá começando a cozinhar e mudar de cor. depois de a carne estar cozida, diminua o fogo, adicione o vinho, metade do tomilho e do manjericão e misture bem. deixe o vinho reduzir. retire os tomates do forno (eles devem estar bem assados) e junte à panela com o porco. misture bem e cozinhe por aproximadamente 1h30-2h. mexa bem de 10 em 10 minutos. a ideia é chegar a um molho grosso. quando estiver pronto, adicione o resto das ervas, prove e corrija o tempero se necessário. para montar a lasanha, coloque primeiro na travessa uma camada de molho branco, uma camada de recheio, depois uma cada de massa e assim por diante. para finalizar, cubra a última camada de massa com molho e depois com o queijo ralado. leve ao forno pré-aquecido por 40 minutos. depois é só servir!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.