Todos os posts em

noodles-cogumelo-moyashi-1

noodles com cogumelos e moyashi

eu avisei aqui que ia ter um monte de receita com uma pegada oriental. não resisto, gente. posso comer sushi, lamen e guioza todo dia. esse é um daqueles pratos mais fáceis que você vai encontrar no blog. fácil, mas não ordinário. fica pronto rapidinho, e a vontade que dá é agarrar um balde de noodles e ficar ali abraçadinho comendo de palitinho. como vocês já sabem eu amo cogumelos, muito. não me canso, e sempre quero fazer alguma coisa com eles. quando vou à liberdade ou em outra loja oriental sempre volto pra casa com uma (ou duas) bandejinha(s), já que nesses lugares você encontra baratinho, tipo uns R$4. esse prato foi feito no improviso e foi a estrela dos almoços de dia de semana. agora você não tem mais desculpas para não fazer um belo pote de noodles e deixar aquele miojo sem graça pra lá ;) porções: 2-3 | tempo de preparo: 30 minutos ingredientes: 250g de noodles 200g de shimeji 100g de enoki 100g de moyashi 4 dentes de alho 1 cebola pequena …

pad-thai-3

pad thai

eu já falei por aqui uma vez, no post do pulled pork, sobre o tempo que eu passei em nova york estudando e algumas das comidas que marcaram minha estada por lá. e toda vez que eu vou escrever um post desse eu fico um pouquinho nostálgica e muito feliz, porque só reforça aquela história toda da importância da comida na nossa vida e como ela gera tantas lembranças afetivas. semana passada, jantando com meu namorado, ele me contou dos bolinhos de abobrinha que a avó dele fazia quando ele era pequeno. pelas minhas contas faz uns 30 anos que ele comeu o tal bolinho, mas a cena foi descrita com detalhes. achei tão bonito aquilo, essa relação vó-comida-afeto que se leva pra vida toda. e dele me contando da vó dele eu lembrei do meu avô, que me dava linguiça no café da manhã e me ensinou a enfiar o pão com manteiga dentro do café com leite. a minha avó fazia pizza de massa fofinha e canja de galinha, e minha parte favorita …

canelone_cogumelo_espinafre-1

canelone de cogumelos, espinafre e ricota

tô pra te contar uma coisa super legal, que ainda não contei por aqui! agora, além de escrever nesse lindo blog que você lê, eu também escrevo no blog sonar do submarino. esse blog reúne vários colaboradores e cada um fala do assunto de seu entendimento. pois eu fui convidada pra falar de comida/gastronomia/culinária/afins. é muita alegria!! <3 então agora você também me encontra por lá. sem muitas receitas, mas falando de um monte de coisa bacana! o link onde você acha todos os meus posts é esse. te espero lá!! mas vamos falar de canelone. tem muito pouco tempo que eu cheguei em são paulo, e aos pouquinhos já estou criando novos hábitos. o lugar favorito pra comer, a rotina do dia, a feira da semana. aqui perto tem casa tem uma feira gigante, que na primeira vez que fui dei umas 3 voltas até conseguir me entender. então uma vez por semana eu vou à feira e planejo o que vou comer durante a semana. pois semana passada eu voltei pra casa com esse …

capellini-tomate-alici-alcaparra-1

capellini com tomates frescos, alici e alcaparras

sabe quando a gente cisma com alguma coisa? quando a gente fica repetitivo, mas se permite porque afinal de contas a cisma é só nossa e ninguém tem nada a ver com isso?? bem, volta e meio eu cismo com uma comida. a minha última fase foi do rabanete, mas já tá quase no final. e agrião será ao certo uma paixão eterna. já tem um tempo que eu entrei numa leve obsessão com tomates. não sei se é porque eles viram muitas coisas, se é uma maneira de compensar os longos anos que eu virava a cara pra eles ou se porque tomates lindos na feira podem ser comprados com um punhado de moedas. a primeira fase da cisma gerou esse molho de tomate que eu postei com uma massa com frutos do mar. depois veio o relish de tomate, receita top por aqui. e ainda teve uma sopa de tomate, que aquece qualquer dia frio. pois ontem choveu o dia inteiro em são paulo. era feriado, tudo parecia meio escuro e devagar, uma atmosfera completamente preguiçosa. …

noodles-arroz-vegetais-1

macarrão de arroz com vegetais

eu sei, é dezembro. já está todo mundo querendo saber cadê as receitas natalinas, as rabanadas, os perus e os chesters. falaremos sobre o natal a partir de semana que vem, e antes que você crie muitas expectativas, eu já te adianto que não teremos por aqui peru, nem chester, nem fios de ovos, ok? estou pensando em coisas mais pontuais pras dicas de natal, mas semana que vem eu conto tudo. ontem eu montei a árvore lá de casa, e é engraçado como esse momento é um pouco divisor de dias: pronto, montei a árvore, agora posso pensar sobre o natal. é que veja bem, são muitos pratos, pois vou cozinhar dia 24 e dia 25. haja animação e inspiração pra duas ceias :) e eu vou tirar umas mini férias daqui a duas semanas, então provavelmente não vai dar tempo de fazer um post com uma super receita de natal. mas se você quiser umas dicas, me manda um email que eu te ajudo, ok? ;) , enquanto o natal não vem, essa …

massa-pesto-camarao-1

massa ao pesto com camarão

semana passada eu não vim aqui. aposto que você ficou com saudade :) eu fiquei! mas voltei. voltei com tudo, já tem um monte de receitinhas na fila para serem compartilhadas. vamo que vamo que daqui a pouco é natal e a gente ainda tem que decidir o que vamos ter de especial de fim de ano por aqui. ontem eu fiz esse almoço pros meus pais. simples, rápido e yummyyyy!!! raspamos o prato! acontece que eu estava há semanas com vontade de molho pesto. e vou ser bem sincera, muitas vezes a “seleção” de receitas é muito simples: o que eu tô com vontade hoje? no último mês eu comi pesto duas vezes, e foi a maior decepção. os dois estavam super enjoativos, até perdi o apetite. resultado: dias e dias pensando num molho pesto fresco e super saboroso. ontem tava um calor do diabo aqui no rio, e resolvi fazer essa massa porque é bem fresquinha, já que o molho não é quente. de verdade esse molho não precisa muito de receita. nem de panela. olha como …

lasanha-porco-bechamel-2

lasanha de porco com molho bechamel

quando eu era pequena havia uma loja de massas na esquina da minha casa chamada suprema. um balcão simples expunha as massas frescas e prontas, e você escolhia ali o que queria levar. as senhorinhas atendentes trabalhavam lá desde sempre, e atrás do balcão havia uma enorme janela de vidro que dava pra cozinha. lá dentro dava pra ver as massas sendo preparadas em grandes balcões sujos de farinha e grandes panelas com água fervente. eu era pequenina e lembro de tudo numa proporção enorme. o cardápio devia ser extenso, mas lá em casa a gente só comprava duas coisas: pastéis e lasanha a bolonhesa. era como se o cardápio só tivesse isso. os pastéis eram pra tapear a fome e a lasanha era consumida nas travessas de alumínio mesmo, com um prato de papelão embaixo pra não sujar a mesa. era uma festa. era o almoço de domingo, e durante a semana em algumas exceções. a gente comeu isso durante anos e nunca ninguém se cansou. eu lembro exatamente do sabor do molho branco daquela …

massa fresca recheada com cogumelo e ricora

massa caseira recheada com cogumelos e ricota

gente, hoje esse blog lindo faz aniversário de um ano!! \o/ \o/ \o/ pra comemorar, eu resolvi me aventurar na produção de massa caseira e fazer meu próprio macarrão! nas minhas férias em junho eu fiz um curso no recipease, restaurante/loja/escola de culinária do jamie oliver. nos meses que antecederam a viagem eu entrei no site trezentas vezes, e a minha vontade era de fazer todos os cursos. mas, com poucos dias e pouco tempo em londres, eu só podia escolher um. um cursinho. namorei todos e resolvi fazer o de massa recheada, porque assim já aprendia a fazer a massa e as versões com recheio. bem, esse era um dos pontos mais esperados das férias, assim como a minha aula em copenhagen. a aula foi bem legal e rápida, em 2h preparamos tudo e já estávamos com os pratos limpos. fazer a massa foi moleza e o mais complicado foi acertar as formas das massas recheadas – tortellini, ravioli e caramelle. mas depois de algumas tentativas peguei o jeito e ficou tudo lindo :) na aula usamos …

massa-camarao-aspargos-vinho-5

massa com camarões, aspargos e vinho branco

eu fiz essa massa pro meu pai, de presente de dia dos pais. sim, eu realmente dou comida de presente pras pessoas :) meu pai disse que ele queria uma massa especial. oh, lord! essa era a única dica que eu tinha. ele ama massa, e eu sei como é difícil fazer um prato de massa realmente memorável e com sabor único. a primeira opção foi um ragu, mas não faz nem dois meses que eu fiz um ragu pra ele. ele tinha acabado de voltar da itália e resolvemos fazer um almoço para colocarmos a conversa em dia. o prato que ele escolheu para o nosso almoço foi um ragu e já foi logo dizendo que na itália comeu ragu várias vezes e estava encantado com a receita. ou seja, alta expectativa com o ragu da francinha! eu já amo um ragu, aproveitei pra caprichar e fazer um lindão. ele amou, disse que era examente igual ao que ele tinha comida na itália. <3 então eu tinha superar que o ragu. queimei a mufufa e …

rp_massa-camarao-alcachofra-3.jpg

massa com camarão e alcachofras

olha, amanhã eu entro de férias o/ então por um breve período não vai ter post novo. e por isso eu fiz essa receita esperta, especialíssima e com todo carinho no pré-férias. prometo que eu volto bem inspirada pra ficar todo mundo de pancinha feliz. essa receita é moleza, e o capim-limão faz TODA a diferença. não vai deixar de fora, ok? ingredientes: 500g de camarão limpo cheiro verde picado 5 dentes de alho amassado massa da sua preferência – +/- 250g meia taça de vinho branco um pote de iogurte integral 150-200g de creme de leite fresco um ramo grande de capim-limão uma pote de alcachofra em conserva sal e pimenta e azeite como faz: coloque a massa para ferver. lave bem o camarão, tempere com sal e pimenta e reserve. numa frigideira anti-aderente grande, coloque o alho, umas 5 colheres de azeite e o capim-limão amarrado em um barbantinho (fica mais fácil de descartar depois) em fogo baixo por 5 minutos. aumente o fogo e coloque o camarão em levas, até ele fica bem douradinho, …