[receitas] dos outros, [todas as receitas], veggie
comentários

torta aberta

eu queria fazer essa receita há meses. tenho um bloquinho que eu vou anotando as receitas que eu quero fazer pra não esquecer depois. e essa torta estava lá, até que essa semana resolvi testar. nos dias anteriores eu estava bem doente, e tudo que eu queria era chegar em casa, fazer a torta, comer uma comida bem quentinha e gostosa e descansar. afinal, o que poderia dar errado? peguei duas receitas (do paladar e do panelinha) que davam para a massa os mesmos ingredientes e quantidades, fiz tudo bonitinho, e quando fui abrir a massa…. cataploft. ops. ??. a massa ficou fina demais, se desmanchou, grudou por tudo. juntei a massa e devolvi pra geladeira. talvez estivesse calor demais e a manteiga estivesse derretendo rápido demais, pensei. uma hora depois, segunda tentativa. fui abrir a massa e ficou fina demais. se eu deixasse mais grossa, não ia haver massa suficiente para cobrir o recheio. joguei a massa fora, guardei o recheio na geladeira, fiz um sanduíche e fui dormir (com fome).

dia 2. revi as duas receitas, e em uma das fotos vi que a torta era pequena. ou seja, eu não estava tão errada de achar que era pouca massa. cheguei em casa, respirei fundo, fiquei bem calminha e fui pra segunda tentativa. passo a passo, sem pressa, sem nervoso. dobrei a quantidade da massa, mesmo que sobrasse um pouco. e… yuppyyy :) deu certo! torta delícia, cheia de sabores, perfumou a cozinha e ficou perfeitinha.

torta-aberta-abobrinha-3

pois bem, cozinhar tem disso. nem sempre dá certo, e é bem frustrante quando alguma coisa vai mal. o que eu tento fazer nessas vezes é entender o que deu errado e tentar de novo, afinal só assim eu vou conseguir aprender. errar faz parte do processo, e lembrar dos erros muitas vezes é fundamental para que a gente veja quanto já andou e evoluiu. e por outro lado, quando dá muito certo, é uma alegria que não cabe. dá vontade de dançar e cantar e dar um pedacinho pra todo mundo.

por coincidência, eu comecei a ler hoje o livro cozinhar, do michael pollan. em algum momento da introdução ele fala que cozinhar é uma das atividade mais recompensadoras que o ser humano pode ter. <3 estou encantada com as primeiras páginas, mas isso vai ser assunto pra outro post. ;)

torta-aberta-abobrinha-2

ingredientes: 

para massa: 

  • 200g de manteiga gelada
  • 2 e 1/2 xícaras de farinha de trigo
  • 2 ovos
  • 2 colheres de chá de sal

para o recheio:

  • uma abobrinha média/grande
  • uma cebola roxa pequena
  • 150g de tomate cereja
  • 100g de cogumelo em conserva
  • um talo de alho-poró
  • 8 bolinhas de queijo de cabra
  • uma cabeça de alho
  • sal e pimenta
  • azeite

 

como faz: pré-aqueça o forno em temperatura alta. corte a abobrinha em fatias de 0,5cm. descasque o alho, corte os tomates ao meio, fatie a cebola bem fininho, assim como o alho-poró. em uma travessa, coloque estes ingredientes em uma travessa, regue com azeite e tempere com sal e pimenta e leve ao forno por 30 minutos. em uma tigela, adicione a farinha e a manteiga em cubros. misture com as pontas dos dedos até formar uma farofa-fa. adicione o ovo e o sal e misture bem. forme uma bola, cubra com plástico filme e leve à geladeira por uma hora. depois de tirar o recheio do forno, misture com o cogumelo. sobre uma superfície bem enfarinhada e com a ajuda de um rolo de macarrão (também serve garrafa de vidro lisinha:), abra a massa até que ela tenha +/- 0,5 de espessura. eu usei o fundo removível de uma assadeira de 24 cm. coloque a massa em cima da forma, coloque o recheio por cima, coloque o queijo de cabra por cima e cubra com as bordas da massa. vai sobrar um pouco de massa, fica à seu critério saber a quantidade que você quer usar/descartar. leve ao forno médio pré-aquecido por 45 minutos e pronto!

1 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.